GERAL

18 de dezembro de 2019
Sérgio Sette foi o melhor piloto brasileiro de 2019

Em votação popular realizada pelo site Grande Prêmio piloto de 21 anos recebeu 1/3 dos votos

 

Pelo 10º ano consecutivo o site Grande Prêmio, uma das mais respeitadas publicações do automobilismo brasileiro, promoveu entre os dias 10 e 17 deste mês a votação para determinar o melhor piloto brasileiro da temporada. Com 33,9% dos votos o mineiro Sérgio Sette Câmara (YOUSE | BMG | MRV), que disputou o Mundial de F-2, garantiu o importante título pela primeira vez em sua careira.

Utilizando um formato próprio para definir os finalistas os profissionais da redação do Grande Prêmio escolheram os seus cinco melhores nomes selecionados num total de 15 categorias. Assim, definidos estes competidores do TOP5, o site abriu a enquete para a votação popular.

Nos anos de 2018, 2017 e 2016 a conquista ficou com Lucas Di Grassi. Em 2015 o vencedor foi Nelsinho Piquet e, em 2014, Rubens Barrichello. Além de Sette Câmara, neste ano seguiram para o voto popular os pilotos Felipe Fraga (Stock Car / LeMans), Felipe Nasr (IMSA / FE), Lucas Di Grassi (FE / WEC) e Daniel Serra (Stock Car / LeMans).

“Vencer a votação de melhor piloto brasileiro da temporada, realizada por um site de grande credibilidade e respeito como o Grande Prêmio, realmente me deixa muito orgulhoso. Tive um ano um pouco diferente do que eu imaginava, mas, consegui ser muito veloz, ganhar corridas, fazer poles-positions e, na última etapa do ano, atingi o meu objetivo ao garantir a Superlicença para a F-1. Quero agradecer ao Grande Prêmio pela iniciativa e a todos que participaram e votaram em mim”, comentou o jovem de Belo Horizonte.

A pontuação final do prêmio Melhor Piloto Brasileiro de 2019 ficou assim:

1º – 33,9% – Sérgio Sette Câmara
2º – 28,1% – Daniel Serra
3º – 22,8% – Lucas Di Grassi
4º – 9,3% – Felipe Nasr
5º – 5,9% – Felipe Fraga

Foto: Dutch Photo Agency | Divulgação

Assessoria de Comunicação do piloto Sérgio Sette Câmara
Quick Comunicação e Marketing
Jornalista Responsável: Flávio Quick