GERAL

14 de dezembro de 2021
Sergio Sette acelerou Fórmula Elétrico em Vespasiano

Crianças do projeto Automobilismo Educacional viram de perto o carro da equipe Tesla UFMG

O piloto brasileiro Sergio Sette Câmara viveu uma segunda-feira especial no Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano (MG), palco de suas primeiras conquistas no kart. O representante da equipe Dragon Penske Autosport no Campeonato Mundial da Fórmula E participou de mais um dia de aulas do instituto que leva seu nome. E não um dia qualquer. Os meninos e meninas do projeto Automobilismo Educacional puderam ver de perto os primeiros metros de pista de uma máquina que tem tudo a ver com o piloto mineiro: o NK-420 – fórmula movido a eletricidade desenvolvido pela equipe Tesla UFMG. Projeto dos alunos da universidade para participar do Fórmula SAE, competição entre times das faculdades de Engenharia de todo o país.

Mais do que isso, Sette Câmara teve o privilégio de fazer o primeiro teste do carro, diante dos olhares atentos e orgulhosos dos responsáveis por tirar a máquina do papel e transformá-la em realidade. Um shakedown mais do que bem-sucedido, que ainda rendeu dicas e observações bastante válidas para o desenvolvimento do NK-420. Com ele, a Tesla tentará pela primeira vez vencer a Fórmula SAE, ano que vem, em Piracicaba (SP).

Os alunos do Instituto Sergio Sette Câmara, que ao longo de um ano têm aulas de kart, além de acompanhamento extra-pista, puderam conhecer um mundo totalmente novo. Viram de perto o coração do NK-420: as baterias, os motores elétricos (um por roda traseira) e a eletrônica do modelo. E ainda tiveram a chance de entrar no cockpit e curtir recursos como o painel de tela touch com os principais parâmetros de funcionamento do carro. Coisa de categorias de ponta do automobilismo.

“Foi muito legal poder apresentar o projeto da Tesla UFMG às crianças do Automobilismo Educacional. A experiência de guiar o carro foi ótima, o feeling dele é incrível, você sente as reações do chassi de forma muito direta. Só posso parabenizar a equipe pelo trabalho. Quando conheci o projeto fiquei impressionado porque eles fazem praticamente tudo e o resultado ficou sensacional”, destacou o piloto de 23 anos.

Fotos: Gustavo Brandão | Instituto Sérgio Sette Câmara

Assessoria de Comunicação do piloto Sérgio Sette Câmara
Quick Comunicação e Marketing