GERAL

17 de setembro de 2020
Roberto Faria migra para F3 Britânia ainda em 2020

Roberto Faria (BRA) – Fortec British F4

Apesar da boa colocação na F4, piloto vê essa oportunidade como um trabalho de desenvolvimento de olho no ano na temporada 2021

 

 

Depois de competir em quatro das nove etapas previstas para essa temporada na Fórmula 4 Britânica, Roberto Faria, que era o piloto estrangeiro melhor colocado na classificação geral com 99 pontos, migra para a Fórmula 3 Britânica durante a temporada e já irá pilotar na categoria mais forte no próximo fim de semana, dias 19 e 20, em Donington Park.

 

O planejamento de carreira era ir para a F3 apenas em 2021, depois de dois anos completos na Fórmula 4. No primeiro ano de F4, Roberto ficou em 3º lugar entre os novatos (Categoria Rookie) com 21 pódios em 30 corridas. Neste ano, mais experiente, o jovem piloto de apenas 16 anos, conquistou dois pódios inéditos (3º lugar em Donington e 2º lugar em Brands) e brigava para ficar entre os três melhores da competição.

 

Todavia, divergências com a organização das corridas precipitou essa migração. A empresa responsável pelas provas não permitiu a presença nas competições de nenhum staff do piloto brasileiro que não residisse na Inglaterra sem o cumprimento da quarentena de 14 dias ainda que o exame PCR desse negativo. É importante ressaltar que esta possibilidade (ou seja: dispensa de cumprimento da quarentena de 14 dias mediante resultado negativo do teste de PCR) é prevista pelo governo inglês para atletas de alto rendimento e seus respectivos staffs e que a organização da prova ignorou a lei.

 

Brigar por posição na tabela da F3 não é uma meta para 2020. A antecipação da participação de Roberto nesta categoria é encarada como um treino para que ele chegue mais bem preparado na próxima temporada.

 

“Treinei com um carro de F3 há poucos dias e me senti muito à vontade. Sei que teremos que correr literalmente com algumas coisas, mas eu estou acostumado a desafios e tudo o que eu preciso para correr bem é me sentir bem. E agora estou”, conta o jovem piloto que até então era o único representante brasileiro na F4 Britânica.

 

Se antes Roberto teria mais cinco etapas pela frente, agora ele terá menos uma, mas numa categoria mais forte. O piloto segue representando a equipe Fortec nas etapas de Donington Park (19 e 20/09), Snetterton 300 (03 e 04/10) Donington Park National (24 e 25/10) e Silverstone GP (7 e 8/11) da Fórmula 3 Britânica.

 

 

 

Histórico de conquistas

 

Roberto Faria começou no futebol como quase todo menino brasileiro, chegou a ser Campeão Brasileiro Sub09, pela CBF7, e campeão do Go Cup Sub10, em 2014. Ao longo de toda sua trajetória, o maior objetivo sempre foi o seu desenvolvimento constante, ainda que isso lhe custasse ser o mais novo ou um dos mais novos atletas nas categorias em que participava.

 

Com 10 anos ingressou no kart, participando de quatro temporadas completas. Em 2015 foi campeão carioca na Categoria Cadete. No ano seguinte, já na Júnior Menor, foi vice-campeão paulista e da Copa do Brasil e bicampeão carioca.

 

Em 2018, já como tricampeão carioca, participou do Campeonato Paulista Light e do Brasileiro na Categoria Júnior. Correu também na Copa do Brasil e a temporada completa dos campeonatos Europeu e Mundial.

 

Roberto Faria é atleta da equipe Fortec e patrocinado pelo Go Cup.

Texto: Assessoria
Fotos : Jakob Ebrey