DESTAQUES

6 de novembro de 2020
Ricardo Moraes busca título na F4 Junior no Light

Disputas finais acontecem no Kartódromo de Interlagos-SP neste sábado

A temporada 2020 da Copa São Paulo Light, o torneio regional de kart mais disputado do País, chega ao final neste final de semana marcada pelo equilíbrio entre os pilotos participantes.
Neste sábado 07/11 a final tem programada rodada dupla, sendo as disputas da 8ª e 9ª etapas com a disputa na F4 Junior estando em abertas.
Sensação da categoria F4 Light na disputa da temporada 2020 da categoria, Ricardo Scofano de Morães vem se destacando em suas apresentações na categoria, junto com sua equipe Forcolin que se empenham ao máximo, oferecendo qualidade e conhecimentos no preparo do kart.
Ocupando a quarta colocação na tabela de classificação Ricardo não participou das duas primeiras provas da temporada, mesmo assim vem conquistando resultados expressivos o qualificando como um dos destaques e o credenciando a conquista do título.
Nesta rodada final, Ricardo espera repetir as boas apresentações das rodadas anteriores e vencer as baterias para que possa somar postos suficientes e conquistar o título.
A disputa não será nada fácil, os adversários na competição de alto nível e competitivos, mesmo assim o jovem e talentoso piloto possui total condição de conquista.
Os treinos estão acontecendo e a tomada de tempos que definira a formação do grid de largada acontece nesta sexta-feira (06) e as disputas das 8ª e 9ª etapas no sábado no lendário kartódromo de Interlagos.
O traçado a ser utilizado neste fim de semana será o mais tradicional da pista paulistana.

 

Ricardo com seu pai, maior incentivador

O Kartódromo que leva o nome de um de seus melhores alunos, Ayrton Senna, possui 1.150 metros de extensão. A pista é considerada técnica pela mistura de trajetos lentos e mais rápidos, com curvas em “S” que necessitam de manobras específicas e diferentes para serem ultrapassadas onde Lucas consegue se destacar com o talento e habilidade que possui.

Protocolos dos pilotos
LARGADA – Será lançada, por semáforo e valerá ao apagar do mesmo. Não é permitida nenhuma manutenção no pré-grid, depois de saída para volta de apresentação, que será pelo anel externo da pista, os karts poderão dar uma volta completa pelo anel externo e após essa volta deverá ser formado o pelotão para largada, sendo o pole o responsável pela velocidade do pelotão que deverá ser moderada-devagar e o segundo colocado responsável pela formação do grid, pois ele deverá estar ao lado do pole e nunca a sua frente. Ao entrar na reta para a largada não será permitido mudar de velocidade até que seja dada a largada (no apagar do farol); também devem atentar para os dois corredores de faixa branca, que devem ser respeitados, cruzar o corredor com duas rodas esta previsto 3 segundos de acréscimo como penalidade e cruzar com as 4 rodas serão 10 segundos de penalidade.

BANDEIRA VERMELHA – todo piloto ao ver essa bandeira deverá imediatamente desacelerar e ir em velocidade moderada até a reta do grid, em frente a cronometragem.

BANDEIRA AZUL – Todo piloto que receber essa bandeira deverá facilitar ultrapassagem dos karts que vierem atrás, o desrespeito a essa bandeira poderá trazer penalidades ao piloto que a desrespeitar.

BANDEIRA DE ADVERTENCIA E PLACAS DE TEMPO 3, 5 e 10 SEGUNDOS – a bandeira e ou placas serão mostradas junto com o número do kart, não há necessidade de parar a penalidade será imposta ao término da corrida.

Para que pretende assistir a corrida nas dependências do kartódromo a entrada é livre.

 

Classificação do campeonato na F4 Junior

1º) 77 – HENRY CORREIA 63,0,
2º) 08 – THIAGO MIRANDA 61,0,
3º) 11 – HENRIQUE FREITAS 56,0,
4º) 15 – RICARDO MORAES 50,0,
5º) 07 – RENATO MARTINS 35,0,
6º) 113 – LUCAS PEROCCO 34,0,
7º) 33 – HELENA MELO 31,0,
8º) 177 – RENZO ZAMBOLINI 26,0,
9º) 13 – ENZO ORESTES 26,0,
10º) 58 – LEANDRO ALMEIDA 4,0,
11°) 28 – JOAO LADEIRA 2,0

 

Texto: Luiz Pinheiro
Fotos – Luiz Pinheiro / Divulgação
Assessoria: Velocidade Total