GERAL

2 de dezembro de 2021
Racing Team Nederland vai disputar o IMSA SportsCar Championship

O time de protótipos do Racing Team Nederland vai disputar as rodadas de enduro do IMSA SportsCar Championship na próxima temporada, depois de receber as honras do título no Campeonato Mundial de Enduro deste ano.

 

A RTN, que conquistou a coroa Pro / Am LMP2 no WEC 2021, vai disputar as quatro corridas de longa distância que compõem a Endurance Cup patrocinada pela Michelin com um carro ORECA-Gibson 07 P2 novamente comandado pela equipe francesa TDS Racing.

O chefe da equipe Frits van Eerd, cuja rede de supermercados Jumbo é patrocinadora pessoal da Max Verstappen, terá como parceira o colega de equipe Giedo van der Garde e Dylan Murry, filho do robusto David, nos enduros de Daytona, Sebring, Watkins Glen e Road Atlanta .

Eles serão acompanhados nas 24 Horas de Daytona de janeiro pelo piloto holandês da IndyCar Rinus VeeKay, um vencedor da corrida com Ed Carpenter Racing este ano, que também é patrocinado por van Eerd.

Van Eerd, que ganhou o título do WEC sozinho depois que seus companheiros de equipe van der Garde e Job van Uitert perderam a rodada de Monza devido ao teste positivo para COVID, foi aberto sobre sua aspiração de correr na IMSA e levou a equipe para competir em Daytona no início deste ano .

“Já que conquistamos o título mundial em 2021, o momento desse novo desafio é perfeito”, disse ele.

“Eu adorei correr no maravilhoso WEC, mas sempre disse que em algum momento gostaria de levar a RTN para a IMSA também.

“Estudei nos EUA e participei das corridas da IMSA naquela época, então, fazer agora essas quatro corridas da IMSA é realmente um sonho que se tornou realidade para mim.”

Van Eerd explicou que queria um piloto americano em uma equipe que tradicionalmente era toda holandesa.

“Corremos na América agora, então, como nosso piloto classificado como prata, eu queria um jovem talento americano na equipe”, disse ele.

“Dylan é rápido e também já conhece todos os circuitos em que vamos correr no próximo ano.”

Murry, 20, está saindo da classe LMP3 da IMSA, na qual terminou em terceiro este ano a bordo de um Ligier da Riley Motorsport.

VeeKay explicou que “sempre foi meu sonho correr um dia com Frits, que tem sido meu patrocinador leal por muitos anos.”

O jovem de 21 anos fez sua estreia na IMSA em Daytona no ano passado dirigindo pela equipe DragonSpeed ​​LMP2.

A RTN está deixando o WEC após três temporadas.

Tudo começou com um Dallara P217 dirigido pelo time holandês DayVtec na super temporada 2018/19 antes de trocar para um ORECA e TDS para 2019/20.

Ele conquistou a vitória da classe LMP2 no Fuji em 2019 com van Eerd, van der Garde e Nyck de Vries antes do advento da classe Pro / Am para formações incluindo um piloto classificado como bronze.

Fonte: Motorsport