DESTAQUES

10 de julho de 2019
Piloto de 90 anos é um dos destaques da 11ª edição do Transcatarina

Nesta quinta-feira, 11 de julho, Affonso Brandão Hennel completará 90 anos

Ano a ano, o Transcatarina traz demonstrações de que não existem limites para as pessoas que levam a aventura no sangue e no coração. Um dos maiores eventos do Brasil, espera para essa 11ª edição, mais de 700 inscritos, que representarão 100 cidades entre dez estados. Diante de tanta história que o Transcatarina vem escrevendo ao longo dos anos, sem dúvida, um dos grandes destaques é a participação do piloto Affonso Brandão Hennel. 

O off-road que ativa e anima: o hobbie escolhido por Affonso Hennel aos 90 anos

Nesta quinta-feira, dia 11 de julho, ele completará 90 anos de vida, e a comemoração será ao longo dos 800 quilômetros, entre as cidades de Fraiburgo e Blumenau, SC. Com pernoites em Caçador e Rio Negrinho, o evento promete grandes desafios. “Para nós é uma honra ter o Sr. Affonso entre os participantes e, um grande privilégio comemorar essa data tão importante junto dele. Será muito divertido e queremos fazer valer esse dia para ele”, comentou o diretor geral da SC Racing, Edson João da Costa. 

Affonso Brandão Hennel é presidente do conselho da SEMP TCL, a primeira indústria brasileira de produção de televisores. Formado em Engenharia Industrial, Affonso adquiriu a habilidade de superar desafios na adolescência. Aos 16 anos, já trabalhava na empresa da família e, aos 18 anos, foi morar nos EUA sob a guarda de um amigo do seu pai. “Cheguei em Nova Iorque e trabalhei de office-boy. Pela primeira vez, vivi sozinho. O dinheiro era curto e, muitas vezes, fui para cama com fome”, revelou. Para se manter por lá conseguiu uma bolsa para cursar a universidade, até a conquista do tão sonhado diploma com honras. 

Anos mais tarde, ao retornar para o Brasil (1953), assumiu o comando da companhia após o falecimento do pai, em 1973. Desde então, fez a empresa crescer, driblou crises e inovou, com o nascimento da joint venture mais bem-sucedida entre brasileiros e japoneses, a Semp Toshiba, cuja parceria foi encerrada em 2016, e na sequência associou-se à gigante multinacional chinesa TCL Multimedia, surgindo assim a SEMP TCL. 

Vida intensa 

Grande apreciador das artes, esculturas e pinturas, Affonso sentiu a necessidade de se dedicar a algo mais intenso e não titubeou em se aventurar pelo off-road. Hoje, são mais de 200 trilhas, passeios e expedições realizados pelo Brasil e América do Sul. “Nunca me interessei em competir, pois o meu tempo para isso já passou. Gosto de fazer o que eu quero, da maneira que eu decidir, pois o meu compromisso é com aquilo que me faz bem”, disse categoricamente. 

Segundo Affonso, o off-road faz ele sentir um certo desafio e um despertar de capacidades que ele ainda não perdeu. Atencioso com o corpo e alimentação, ele conta que não se sente limitado para fazer o que quer. “Não sei quando vou parar e nem estou esperando por isso, e sigo aproveitando a vida. Porém, quando este dia chegar, eu estarei preparado para aceitar”

Admirado por muitos, pela sua longevidade, Affonso destaca que na vida, nada se perde. “Se perco habilidade, ganho experiência; tudo se compensa. A melhor época da vida é a que você está vivendo. Não tenho saudade da juventude, e não encaro o futuro como velhice. O futuro eu administro”. Ele diz que o segredo para atingir a disposição é movimentar o intelecto e o físico. “Aos 90 anos, todo dia eu aprendo alguma coisa. Orgulho-me de tudo o que fiz na vida e das três fases de maior superação que tive: na universidade, na fusão com a Toshiba e, recentemente, com a TCL”. 

Quando indagado sobre o Transcatarina, Affonso só tem elogios. “É um evento que oferece competição, passeios, amizade e o contato com outras pessoas que possuem o mesmo gosto que nós, e tudo acontece de forma espontânea. Enquanto for possível, estaremos no Transcatarina”, encerrou. 

 

Programação – 11º Transcatarina

10 de julho – quarta-feira 

13h30 – Largada promocional / Saída para a ação social com as escolas públicas de Fraiburgo

15h30 – Largada do prólogo – tomada de tempo que definirá a ordem de largada do rali

19h30 – Jantar de abertura do 11º Transcatarina

 

11 de julho – quinta-feira

Fraiburgo a Caçador 

8h – Largada

14h – Previsão de chegada do primeiro carro

 

12 de julho – sexta-feira

Caçador e Rio Negrinho

7h – Largada

14h – Previsão de chegada do primeiro carro

 

13 de julho – sábado

Rio Negrinho a Blumenau – chegada na Vila Germânica 

8h – Largada

13h – Previsão de chegada do primeiro carro

19h – Início do evento de encerramento, com a premiação dos campeões

  

O 11º Transcatarina tem patrocínio de Hotel Renar.

Apoio de SFI Chips, Grupo Gratt, Concessionária Trilha SC, FD Stands Displays, RH Brasil – Recursos Humanos, Orangesun – Energia Renovável, Posto Maçã, Lave Bem Lavanderia, Barbieri Painéis, Guinchos Fixxar, Hotel Kindermann, Mamute Off-Road, Vipal Rede Autorizada, Cervejaria Holzbier, RFX Pneus, Prefeitura Municipal de Blumenau, Prefeitura Municipal de Fraiburgo e Prefeitura Municipal de Caçador

Supervisão: FAUESC

Realização: SC Racing

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação