DESTAQUES

27 de fevereiro de 2019
Pedro Piquet disputa a FIA Fórmula 3 pela equipe Trident

Pedro Piquet vai acelerar pela equipe Trident na nova FIA Fórmula 3. O brasiliense de 20 anos de idade permanece na equipe italiana com a qual terminou em sexto lugar o campeonato de 2018 da GP3.

Em 18 corridas no evento suporte da F1, Piquet conquistou duas vitórias (Silverstone e Monza) e subiu quatro vezes ao pódio. Ele somou 106 pontos no campeonato.

A FIA F3 é a sucessora da GP3 e terá novos carros nesta temporada. O bólido é equipado com motor aspirado de seis cilindros e 3.4 litros, capaz de gerar 380 cavalos e atingir velocidade máxima de 300 km/h.

Outra novidade em relação aos carros de fórmula com os quais Pedro havia competido é a chegada do Halo, estrutura metálica sobre o cockpit para reforçar a proteção à cabeça dos pilotos, introduzida pela FIA nos carros de F1, F2 e FE no ano passado.

O formato dos eventos segue o da antiga GP3, com um treino livre de 45 minutos, um quali de 30 minutos e duas corridas (a segunda, com grid invertido em oito posições em relação à ordem de chegada da primeira, que vale mais pontos).

Para aproximar mais a categoria da realidade que os pilotos encontrarão na F1, o regulamento liberou o uso do DRS nos mesmos moldes da categoria rainha -na GP3 havia um limite de acionamentos considerando as duas corridas do fim de semana, independentemente de o intervalo para o carro à frente ser inferior a 1s.

Na semana passada foi realizado um teste coletivo na pista francesa de Magny-Cours, com 23 pilotos percorrendo o total de 635 voltas, ou 2.801 km com os novos carros.

A temporada tem previstas mais três reuniões de treinos coletivos, em Paul Ricard (20 e 21 de março), Barcelona (9 e 10 de abril) e Hungaroring (17 e 18 de abril). A primeira etapa acontece em Barcelona nos dias 11 e 12 de maio, com a prova final marcada para Sochi em 28 e 29 de setembro.

Este será o sexto ano de Pedro Piquet competindo com carros de fórmula. Bicampeão da F3 Brasil (2014 e 2015), ele correu duas temporadas na antiga FIA F3 Euro antes de migrar para a GP3. Nas pré-temporadas de 2016 e 2017 disputou também os campeonatos completos da Toyota Racing Series na Nova Zelândia, terminando em quinto e segundo lugares respectivamente. Disputou também o GP de Macau naquelas temporadas, terminando em nono e sexto.

 

O que ele disse:

“Estou muito motivado para mais um ano com a equipe Trident, com quem vencemos duas corridas no ano passado. A nova F3 promete ser um grande evento, com regulamento mais próximo da F1. Já conheço a maioria das pistas da temporada e espero novamente lutar por pódios e vitórias”

 

FIA F3 – calendário:

  1. Barcelona – 10 a 12 de maio
  2. Paul Ricard – 21 a 23 de junho
  3. Red Bull Ring – 28 a 30 de junho
  4. Silverstone – 12 a 14 de julho
  5. Hungaroring – 2 a 4 de agosto
  6. Spa-Francorchamps – 30 de agosto a 1 de setembro
  7. Monza – 6 a 8 de setembro
  8. Sochi – 27 a 29 de setembro

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação