DESTAQUES

22 de outubro de 2019
Myasava “abusa” até a última volta da Stock Light em Cascavel

Gustavo Myasava marca pontos na Corrida 2 da Stock Light em Cascavel

Depois dos problemas com os pneus na corrida de ontem, Gustavo Myasava largou e 18º e conquistou o 10º lugar na corrida deste domingo

Depois dos problemas com os pneus na Corrida 1, disputada na tarde de sábado, quando o furo do pneu traseiro direito lhe tirou da prova, o cascavelense Gustavo Myasava “abusou” do carro até a última volta, quando tentou ultrapassar Diego Ramos na Curva 6 e rodou, caindo de sétimo para 10ª na classificação final da Corrida 2 da 6ª etapa da Stock Light, disputada na manhã deste domingo, no Autódromo Zilmar Beux, em Cascavel, na região Oeste do Paraná.

Gustavo largou em 18º e chegou a andar na sexta colocação. “Depois dos problemas com os pneus e largando no fim do grid, tive que fazer uma corrida de recuperação e abusar do carro. Na última volta, tinha que arriscar tudo e tentar passar o Diego Ramos. Forcei e terminei rodando. Era tudo ou nada. Mas fiquei satisfeito com performance de hoje”, frisa Gustavo Myasava. da equipe MRF Motorsport/EMS Farmacêutica/PGG/Poupanorte/Menzoil/Boxer/Drugovich/Noma

Na corrida do sábado, metade do grid teve problemas com pneus furados, sempre do lado direito. Os pilotos reclamaram e após uma reunião, ainda no sábado à noite, da Pirelli, comissários da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) e a Vicar, promotora do evento, ficou definido que a fabricante dos pneumáticos irá repor um jogo de pneu para cada um dos prejudicados.

A próxima etapa da Stock Light está marcada para o dia 24 de novembro, em Goiânia.

 

Resultado da Corrida 2 da Stock Light em Cascavel

1º) 8 Lukas Moraes, 24 voltas em 32m04s294

2º) 35 Gabriel Robe, a 9s467

3º) 23 Marco Cozzi, a 10s735

4º) 85 Guilherme Salas, a         10s971

5º) 31 Márcio Campos, a 11s160

6º) 13 Diego Ramos, a 11s885

7º) 17 Pietro Rimbano, a 13s891

8º) 71 Lucas Daleffe, a 18s486

9º) 37 Raphael Teixeira, a 25s794

10º) 18 Gustavo Myasava, a 31s520

11º) 1 Erik Mayrink, a 38s018

12º) 15 Leonardo Sanchez, a 41s226

13º) 46 Tuca Antoniazzi, a 50s358

14º) 86 Gustavo Frigotto, a 1 volta

15º) 11 Pedro Boesel, a 3 voltas

Não completaram

16º) 28 Vinicius Kwong, a 13 voltas

17º) 26 Raphael Abbate, a 17 voltas

18º) 3 André Moraes Júnior, 19 voltas

19º) 52 Pedro Caland, a 19 voltas

20º) 34 Matheus Iorio, a 19 voltas

21º) 19 Felipe Papazissis, a 24 voltas

 

Classificação do campeonato após seis etapas (12 provas)

1º) Guilherme Salas, com 248 pontos

2º) Gustavo Frigotto, 198

3º) Marco Cozzi, 170

4º) Raphael Abbate, 152

5º) Gabriel Robe, 149

6º) Lukas Moraes, 149

7º) Pedro Boesel, 144

8º) Márcio Campos, 142

9º) Pietro Rimbano, 140

10º) Matheus Iorio, 132

11º) Erik Mayrink, 117

12º) Diego ramos, 102

13º) Gustavo Myasava, 96

14º) André Moraes Júnior, 91

15º) Raphael Reis, 89

16º) Tucá Antoniazzi, 67

17º) Pedro Caland, 65

18º) Felipe Papazissis, 61

19º) Leonardo Sanchez, 61

20º) Raphael Teixeira, 60

21º) Gabriel Lusquiños, 48

22º) Vitor Batista, 39

23º) Rodrigo Gil, 30

24º) Lauro Traldi, 25

25º) Vinicius Kwong, 14

26º) Francesco Franciosi, 13

27º) Lucas Dallefe, com 13 pontos

 

 

 

SDS
Assessoria de imprensa do piloto Akyu Myasava
Jornalista Responsável: Luiz Aparecido da Silva
Foto: Divulgação