GERAL

6 de outubro de 2017
Goiânia vira a capital nacional da motovelocidade em outubro

Goiás Superbike terá categoria especial para pilotos que disputam o brasileiro

 

Goiânia ganha, neste mês de outubro, o apelido simbólico de capital nacional da motovelocidade. É que os melhores pilotos do país vão desembarcar por aqui de olho no Brasil Superbike, marcado para o dia 22. E como não poderia ser diferente, vários deles anteciparão a chegada à terra do pequi para correr pelo Goiás Superbike, que será dia 15 de outubro.

 

A participação dos pilotos na 5ª etapa estadual tem um porquê. A corrida servirá como uma espécie de reconhecimento de pista, uma preparação para a competição nacional. A etapa do Brasil Superbike na capital goiana será a 7ª e penúltima do ano. Já poderá, inclusive, definir o campeão da temporada 2017. O encerramento está marcado para 3 de dezembro, em São Paulo.

 

SBK Pró-Especial

E é justamente pela expectativa de recorde nas inscrições do estadual que a Federação de Motociclismo do Estado de Goiás (FMG) optou por criar a SBK Pró-Especial. Ela será destinada a pilotos de fora que têm interesse em participar do campeonato goiano. Grandes estrelas já estão confirmadas, como o atual líder nacional, Alex Barros, e o experiente Bruno Corano.

 

Segundo o presidente da FMG, Roberto Boettcher, além de atender à demanda dos visitantes, a criação da Pró-Especial também tem como objetivo preservar as categorias já existentes no campeonato goiano, de forma que as corridas oficiais não sofram qualquer interferência.

 

“O Goiás Superbike está chegando à reta final. Essa será a penúltima corrida oficial do ano, e pode até ter campeão antecipado. Os pilotos estão concentrados e é importante manter isso. Também criamos a nova categoria pensando na torcida, que poderá ver uma prévia do campeonato nacional dentro da nossa programação”, argumentou.

 

Disputa local

Diante dos preparativos para a 5ª e penúltima etapa do ano, os pilotos do Goiás Superbike têm apenas a certeza de que a disputa está cada vez mais acirrada. Em algumas categorias pouquíssimos pontos separam o líder do vice-líder. É o caso, por exemplo, da 300cc Sport. Bruno César lidera, com 66 pontos, seguido por Indiana Munoz. A única mulher na briga pelo título tem 64 pontos.

 

Os líderes das demais categorias são: Edson Morales (SBK Pró), Luciano Lima (SBK Light), Ricardo Juliani (600cc), Salvador Amaral (Naked), Josué Ferreira (300cc Master) e Wender Chaves (150cc). Os ingressos para a corrida custam R$ 10 (arquibancada) e R$ 30 (box), e estarão à venda na própria bilheteria do autódromo.

 

O Goiás Superbike tem como patrocinadores/parceiros: Detran Goiás, Belcar Motos, Umuarama KTM, Umuarama Harley Davidson, Triumph, Saga BMW Motorrad, Indian, Pirelli, Mobil Super Moto, Moto Aires, Saneago, Ducati Champion, California Motoracing, Pódio Projetos Esportivos, MR Motos, Balada Responsável, Cross Team, Seduce, Medcomerce, Della e Confederação Brasileira de Motociclismo.

 

Confira a programação de domingo (15/10):

10h50 – 150cc

11h30 – 300cc Sport – 300cc Master

12h10 – SBK Pró

12h50 – 600cc

13h30 – SBK Light

14h10 – SBK Pró-Especial

14h40 – Naked

 

 

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação