DESTAQUES

14 de outubro de 2018
Emoção e muito calor na definição da 20ª Copa Brasil de Kart | Troféu Globo

Largada da categoria Júnior Menor

 

Clima quente dentro e fora da pista marcou o encerramento do último nacional de 2018

 

Terminou neste sábado, dia 13, a 20ª edição da Copa Brasil de Kart. 205 pilotos das cinco regiões do Brasil disputaram o evento que teve como sede o Kartódromo RBC Racing, na Grande Belo Horizonte. 15 categorias estiveram em disputa e, sem exceção, os títulos foram definidos com muitos duelos e corridas de arrepiar.

As atividades da Copa Brasil | Troféu Globo começaram ainda na terça-feira (9) com os treinos livres e seguiram por toda a semana. O sábado, como já se tornou uma tradição nas competições nacionais do kartismo, foi reservado exclusivamente para as corridas Finais.

A programação foi iniciada com uma solenidade onde, perfilados na reta de largada, os pilotos ouviram o Hino Nacional Brasileiro, os agradecimentos de algumas autoridades e contemplaram, ainda, uma bonita queima de fogos. Durante seu discurso Waldner Bernardo de Oliveira – Dadai, presidente da CBA, confirmou que a 21ª Copa Brasil de Kart, a ser disputada em outubro do ano que vem, terá como sede o Kartódromo Internacional Beto Carrero, em Penha – litoral de Santa Catarina. Ainda em sua fala o dirigente anunciou a mudança na sede do 54º Campeonato Brasileiro de Kart para o Kartódromo Delci Damian, em Cascavel – PR. Este evento, anteriormente anunciado para o kartódromo da cidade de Pinhais, no Paraná, teve de ser realocado em virtude de problemas alheios à CBA.

Passada a parte burocrática os karts foram para a pista e os pilotos mostraram muita garra e talento na busca das primeiras posições. A primeira prova do dia foi da categoria Júnior Menor. Lucas Staico sagrou-se tricampeão da Copa Brasil após várias disputas nas primeiras voltas. Staico, o pole, caiu para quarto na largada, mas, em grande prova de recuperação, confirmou a boa atuação mostrada ao longo da semana e, assim garantiu o seu título. Samuel Cruz, também com bela atuação, ficou com o vice-campeonato. Gabriel Gomez, que nas primeiras voltas passou em 6º, superou três concorrentes para terminar em terceiro.

Logo em seguida a categoria Júnior foi quem tomou a pista. José Muggiati Neto, do Paraná, garantiu o seu Bi-Campeonato. Após sair da pole ele foi superado na primeira curva por Gabriel Crepaldi, que largara em 4º. O paranaense, porém, não demorou a retomar a liderança e abrir larga vantagem até a bandeirada final. Pedro Aizza ficou com o vice após vários duelos enquanto que, Roberto Faria, terminou na terceira posição.

As categorias Super Sênior e Super Sênior Master foram juntas ao grid formando um pelotão repleto de feras. Representando a Bravar, sua própria marca de chassis, o carioca Ernandes Onassis garantiu o título pela Super Sênior em uma prova sem erros. Pela segunda posição chegou Christiano Matheis que não conseguiu atacar o líder, mas, por outro lado, não foi ameaçado. A briga mais ferrenha foi pelo terceiro posto que, depois de belas ultrapassagens no fim da prova, ficou com o mineiro Flávio Costa Martins. Já pela Super Sênior Master o título ficou com o paulista José Augusto Dias seguido por Valdemiro Oliveira e Marcos Kassardjian.

Com o menor grid desta edição da Copa Brasil de Kart a categoria Novatos viu a vitória de ponta a ponta do paulista Richard Anunzzita. Sem ser ameaçado em sua liderança o piloto nem imaginava que, atrás dele, algumas disputas interessantes aconteciam. Numa longa prova de 25 voltas, porém, as posições não custaram a se definir. Na segunda posição chegou João Luiz Pocay (PR) e, em terceiro, Felipe Nicoletti (SP).

A mais tradicional categoria do kartismo nacional e, por isso mesmo, mais esperada do dia foi a Graduado. Com as maiores feras da modalidade na pista as disputas aconteceram em altíssimo nível. Gabriel Paturle (MG), o pole-position, manteve-se na frente nas primeiras voltas e seguiu na liderança até a metade da corrida. A esta altura ele foi superado por André Nicastro (DF) e Lucas Nogueira (MG). Nogueira, grande conhecedor do RBC Racing, esperou o momento certo para pular para a liderança e abrir vantagem até a bandeirada da vitória. Paturle reassumiu o segundo lugar e ficou com o vice-campeonato enquanto que, Nicastro, chegou na terceira posição.

TROFÉU GLOBO -> Armando Oliveira, diretor de esportes da Globo Minas, acompanhou as disputas da Copa Brasil de Kart. Em nome da emissora de TV de maior audiência em Minas Gerais ele foi ao pódio e entregou os troféus aos cinco pilotos premiados da categoria Graduado, bem como, ao pole-position.

Encerrando as provas da manhã os pilotos da Sênior “B” foram para a pista. Rodrigo Pastorello, superou o pole Weldes Campos logo no começo da prova. Algumas voltas mais tarde ambos acabaram se tocando deixando, assim, o caminho livre para Rodrigo Morelli os superar e assumir a ponta. Enquanto as brigas pegavam fogo pela segunda posição Morelli se manteve na primeira posição e comemorou muito seu título. Weldes cruzou a linha de chegada em segundo e Pastorello foi o terceiro.

As disputas da parte da tarde trouxeram mais um mineiro para a conquista do título. Na Codasur Junior, estreando na programação da Copa Brasil de Kart, o jovem João Matos foi imbatível. Líder na maioria dos treinos, pole-position e vencedor das duas classificatória o piloto da equipe MZ Racing confirmou o seu favoritismo e, de ponta a ponta, chegou ao seu primeiro título nacional. Enrico de Lucca (SP) ficou com o vice-campeonato e Lucas Staico (MG) foi o terceiro colocado.

A categoria com os mais jovens pilotos da Copa Brasil de Kart foi a Mirim. Os competidores de seis a oito anos, porém, mostraram-se extremamente velozes e sobretudo, detentores de muita garra. Juntos eles protagonizaram uma das corridas mais emocionantes do dia. O primeiro pelotão ficou praticamente toda a bateria formado por seis pilotos que, entre si, revezaram-se em todas as posições. A definição só aconteceu nas últimas voltas e, mais ainda, com a decisão de punição dos comissários em virtude de zigue-zague na pista por parte do vencedor. Assim, o título da Mirim ficou com Felipe Vriesmann tendo como Vice Davi Alkmin e, em terceiro, Augustus Toniolo, todos do Paraná.

Como não poderia deixar de ser a prova da categoria Cadete – com o maior grid do Campeonato, foi muito esperada e, suas disputas, corresponderam à expectativa de quem aguardava pela prova. O gaúcho Heitor Dall’Agnol venceu após uma corrida de grande atuação. Na tomada de tempos o garoto teve um problema e teve de largar na primeira classificatória apenas do 20º lugar. Corrida a corrida ele se recuperou e, na final, em atuação ímpar, chegou ao seu Bi-Campeonato na Copa. João Pinheiro Filho (DF) chegou em segundo e Breno Lopes (SP) foi o terceiro.

Com nomes de grande experiência na pista a categoria Sênior “A” viu um ex-piloto adolescente retornar às pistas depois de adulto e mostrar que a velocidade ainda segue muito firme em seu sangue. O mineiro Wellington Valente andou muito durante toda a semana, se apresentou como forte candidato ao título e confirmou a expectativa ao vencer a final de ponta a ponta. O paulista João Cunha chegou em segundo e, também retornando às pistas, Clemente Faria Júnior foi o terceiro colocado.

Juntas as categorias F4 Sênior e F4 Super Sênior Master levaram 15 pilotos à pista. Com karts equipados com motores Honda de 390cc os competidores tiveram muito trabalho para garantirem suas posições e, sobretudo, se manterem nelas com os karts apresentando rendimentos muito próximos. Na divisão Super Sênior o título ficou com Marcos Silva (ES) seguido por Paulo Sant’Anna (PR) e Luiz Armani (MG). Já na Super Sênior Master o grande vencedor foi o paulista Carlos Marcelino, seguido por, Valdemiro Oliveira (BA) e Joanes Gouveia (MG).

Pela primeira vez na Copa Brasil de Kart a categoria Internacional OK trouxe à Minas os mesmos motores que estão sendo utilizados nas principais competições de kart pelo mundo como o Campeonato Mundial, Europeu e WSK. De maneira 100% tranquila e absoluta o jovem Gabriel Paturle, de Belo Horizonte, liderou todos os treinos, tomada de tempos, ganhou as duas classificatórias e, de ponta a ponta, garantiu o título nesta categoria. Com alguns anos de experiência no kartismo nos Estados Unidos o piloto teve ao leu lado no pódio duas feras. Lucas Nogueira (MG) – vice-campeão e Olin Galli, o terceiro colocado. Cabe destacar a grande corrida de recuperação de André Nicastro (DF) que, após largar do parque fechado, chegou na quarta colocação.

Encerrando a 20ª Copa Brasil de Kart | Troféu Globo as categorias F4 Graduado e F4 Sênior foram para a pista com 21 concorrentes. Com motores sorteados entre os participantes o grande destaque desta classe ficou por conta da similaridade dos equipamentos e, competitividade, na pista. Após largar da pole Daniel Cançado (MG) não demorou a ser superado por André Novaes (MG). Os três primeiros eram completados por Diogo Del Sarto (MG), que competia pela divisão Sênior. Enquanto lá na frente as brigas eram tranquilas, no pelotão intermediário saiam faíscas, literalmente, as brigas por posições. Ao final das 20 voltas, porém, dois mineiros comemoraram muito seus títulos. Na F4 Graduado vitória de André Novaes seguido por Cançado e Cláudio de Moraes (RS). Já na F4 Sênior Del Sarto garantiu o título seguido por Marcelo Schmidt (RJ) e Gustavo Martins (MG).

NÚMEROS -> No balanço geral da competição Minas Gerais foi o estado que mais títulos acumulou, ficando com um total de sete (Júnior Menor, Codasur Júnior, Graduado, OK Internacional, Sênior “A”, F4 Graduado e F4 Sênior). Em seguida aparecem São Paulo, com quatro (Novato, Sênior “B”, Super Sênior Master e F4 Super Sênior Master). Na sequência aparece o Paraná com dois títulos (Mirim e Júnior). Com apenas um título estão os estados do Espírito Santo (F4 Super Sênior), Rio de Janeiro (Super Sênior), Rio Grande do Sul (Cadete).

Dentre as várias fábricas de kart que fornecem equipamentos no kartismo nacional destaque para a Bravar, com seis títulos. Kart Mini ficou com cinco; Techspeed – três; Tony Kart e Mega Kart com um cada.

Resultados oficiais em: https://bit.ly/2QD74l2

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação