GERAL

16 de fevereiro de 2021
Em Dubai, Roberto Faria pontua mais uma vez na F3 Ásia

Após um duplo P5 no grid, piloto carioca enfrentou acidente e punições nas três corridas desta etapa

As posições de chegada da 4ª etapa do campeonato asiático de F3, realizada em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, não foram como o esperado para Roberto Faria, da Motorscape. Isso porque em duas das três corridas, o piloto carioca foi punido, perdendo ambas posições conquistadas na bandeirada. Na corrida 1, ele caiu de P9 para P16 e na corrida 3 de P5 para P9. Além disso, na corrida 2, foi atingido na traseira do carro, ficando sem condições de terminar a prova.

“Foi uma prova tensa, com safety car praticamente o tempo todo, com bandeira vermelha, com relargada etc.. Apesar desta punição, eu sei o que eu fiz dentro do carro e do que sou capaz de realizar e é nisso que mantenho meu foco para a última etapa do torneio”, avalia Faria sobre a última corrida de Dubai. No último domingo (14), o jovem piloto cruzou a linha de chegada em P5 (mesma posição de largada), porém foi reclassificado para P9. A organização da prova identificou uma infração na largada.

No sábado (13), Roberto fez uma excelente largada na corrida 2. Após largar de P9 conquistou duas posições logo na primeira volta. Ele estava tão rápido que na volta seguinte, já havia garantido a sexta posição. No entanto, a chance de terminar a prova numa posição inédita na F3 Ásia não aconteceu. Após uma relargada do safety car, Roberto foi atingido na traseira. Segundos depois do seu acidente, dois pilotos que estavam à sua frente também se chocaram. Caso Roberto não tivesse sido tocado, é bem provável que ele tivesse terminado a prova em P4.

“Essa foi uma etapa bem difícil. Cheguei muito confiante. Fiz dois excelentes qualis, daí logo na primeira corrida queimei a largada, errei e fui punido em 5s. Já na segunda prova, houve um acidente que me tirou da prova”, descreve as duas primeiras corridas. Na corrida 1, Roberto largou de P5, cruzou em P9, mas foi reclassificado em P16 devido a esta punição.

A última etapa do Campeonato Asiático será em Yas Marina, em Abu Dhabi, nos dias 19 e 20/2.

 

Transmissão das provas ao vivo: bit.ly/TransmissaoAovivoF3Asia

Mais informações: www.f3asia.com

 

Histórico de conquistas

Roberto Faria começou no futebol como quase todo menino brasileiro, chegou a ser Campeão Brasileiro Sub09, pela CBF7, e campeão do Go Cup Sub10, em 2014. Ao longo de toda sua trajetória, o maior objetivo sempre foi o seu desenvolvimento constante, ainda que isso lhe custasse ser o mais novo ou um dos mais novos atletas nas categorias em que participava.

Com 10 anos ingressou no kart, participando de quatro temporadas completas. Em 2015 foi campeão carioca na Categoria Cadete. No ano seguinte, já na Júnior Menor, foi vice-campeão paulista e da Copa do Brasil e bicampeão carioca.

Em 2018, já como tricampeão carioca, participou do Campeonato Paulista Light e do Brasileiro na Categoria Júnior. Correu também na Copa do Brasil e na temporada completa dos campeonatos Europeu e Mundial.

Depois de um ano e meio na Fórmula 4 Britânica, onde era o piloto estrangeiro melhor colocado na classificação geral com 99 pontos, Roberto migrou, em setembro de 2020, no meio da temporada para a F3 Britânica. Meia temporada de experiência foi o suficiente para que na última corrida, em Silverstone, Roberto garantisse seu primeiro pódio campeonato, terminando em segundo lugar num dos circuitos mais tradicionais do automobilismo.

Pela F3 Britânica, Roberto Faria é atleta da equipe Fortec Motorsport e patrocinado pelo Go Cup, maior campeonato de futebol infantil do mundo.

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação