GERAL

13 de junho de 2018
Com Diego Ramos, Academia Shell Racing disputa terceira etapa da Sprint Race em Interlagos

Piloto paulistano correrá pela primeira vez na mais tradicional pista do Brasil

Único representante da Academia Shell Racing na categoria, Diego Ramos volta às pistas neste sábado (16), para a disputa da terceira etapa da Sprint Race Brasil. A prova marcará a sua estreia no maior palco do automobilismo brasileiro.

Dando continuidade ao seu aprendizado em corridas de carros, Diego espera superar os problemas que teve nas últimas etapas e conseguir se recuperar no campeonato. Atualmente ocupando a sexta posição na classificação da classe PRO com 36 pontos, o representante da Academia Shell espera conquistar boa parte dos 100 pontos que estarão em disputa nessa etapa para se aproximar do topo da tabela.

Ansioso com a sua estreia em Interlagos, o piloto de 16 anos quer aproveitar os treinos oficiais para se adaptar o mais rápido possível aos 4.309 metros do circuito, e garantir uma boa posição no grid de largada nos treinos classificatórios. Vale lembrar que o competidor do carro #113 cravou a pole da primeira etapa da competição, em Curitiba, logo em sua primeira prova oficial com carros de competição.

Os treinos oficiais começam na manhã de sexta-feira (15). No sábado acontecem os treinos classificatórios e as duas corridas, com a largada da primeira bateria marcada para 11h25.

O que ele disse:

“Minha expectativa para a etapa de Interlagos é alta, vou dar o melhor de mim e espero consegui um bom resultado. Essa é uma etapa importante, com 100 pontos em disputa. Espero conseguir a vitória nas duas corridas e conquistar bons pontos pro campeonato. É isso aí, estou muito confiante.”

 

Sobre a Raízen:

A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil, se destaca como uma das empresas de energia mais competitivas do mundo e uma das maiores em faturamento no Brasil, atuando em todas as etapas do processo: cultivo da cana, produção de açúcar, etanol e energia, comercialização, logística interna e de exportação, distribuição e varejo de combustíveis. A companhia conta com cerca de 30 mil funcionários, que trabalham todos os dias para gerar soluções sustentáveis que contribuam para o desenvolvimento do país, como a produção de bioeletricidade e etanol de segunda geração a partir dos coprodutos da cana-de-açúcar. Com 26 unidades produtoras, a Raízen produz cerca de 2,0 bilhões de litros de etanol por ano, 4,2 milhões de toneladas de açúcar e tem capacidade para gerar cerca de 940 MW de energia elétrica a partir do bagaço da cana-de-açúcar. A empresa também está presente em 66 bases de abastecimento em aeroportos, 67 terminais de distribuição de combustível e comercializa aproximadamente 25 bilhões de litros de combustíveis para os segmentos de transporte, indústria e varejo. Conta com uma rede formada por mais de 6.000 postos de serviço com a marca Shell, responsáveis pela comercialização de combustíveis e mais de 950 lojas de conveniência Shell Select. Além disso, a companhia mantém a Fundação Raízen, que busca estar próxima da comunidade, oferecendo qualificação profissional, educação e cidadania. Criada há mais de 14 anos, a Fundação Raízen possui seis núcleos no interior do estado de São Paulo e um em Goiás e já beneficiou mais de 13 mil alunos e mais de 4 milhões de pessoas com ações realizadas desde 2012.

Texto: Assessoria
Foto: Divulgação