DESTAQUES

17 de outubro de 2017
19ª Copa Brasil de Kart: Cariocas representaram bem o estado na Copa Brasil

A 19ª Copa Brasil de Kart disputada no Circuito Paladino em Conde- PB, destacou mais uma vez, o bem desempenho dos pilotos do Rio de Janeiro, entre tantos pilotos de ponta que trouxeram grandes disputas para o evento.

A organização dessa edição foi impecável, assim como todas as dependências do Kartódromo, com todo seu conforto e beleza finalizados, depois do Campeonato Brasileiro que sediaram em 2016.
Cada espaço, desde o estacionamento ao restaurante, recebeu bem os pilotos, equipes, suas famílias e a imprensa sempre bem acolhidos por Sérgio Crispim, incansável em sua preocupação e dedicação.

Os pilotos do Rio de Janeiro representaram muto  bem seu estado, trazendo importantes troféus, se destacando por sua garra e pilotagem. Parabéns para as equipes que se empenharam em um resultado à altura de seus pilotos.

Na categoria Junior, Roberto Faria (d.Racing – Daniel Ramalho), fez uma excelente prova final. Não fosse traído por uma quebra de eixo, chegaria sem dúvida entre os três primeiros.  Beto teve dificuldades nas classificatórias, abandonou na primeira prova, na segunda chegou na sétima posição, mas largou com tudo em busca do título, embora na última posição.  Robertinho foi com tudo, já fazendo ultrapassagens importantes logo na largada e foi ganhando posições. Já na disputa da quarta colocação, com chances de chegar no terceiro, faltando três voltas para a bandeirada, perdeu uma roda do kart após quebra do eixo, saiu da pista batendo nos pneus, ocasionando o seu abandono na corrida e o pódio tão merecido e que lutou com tanta garra.

A categoria Mirim teve dois pilotos:  O estreante Matheus Fortunato ( TMJ – Mário Jr.), que fazia seu terceiro evento oficial (apenas duas etapas do Serrano de Kart, em Guapimirim). Não veio apenas para aprender, mas pra entrar na briga. Apesar da falta de experiencia, sobra talento e fé a Matheuzinho e com o empenho também de sua equipe participou com garra em todas as provas.  Largando em 12ª, chegou em 10ª nas duas classificatórias. Matheus saiu da pista por algumas vezes, depois de disputas com adversários mas voltou todas as vezes com a mesma vontade de quem disputa o primeiro lugar. Na final recebeu a bandeirada em 11º, prometendo agora mais treinos, mais participações em grandes eventos. Olho na vontade de vencer desse piloto.

Fábio Nunes – (Irmãos Competições – Altamir) levantou o troféu feliz em quinto lugar, depois de sua participação muito competitiva em busca do melhor resultado. Na primeira bateria classificatória, Fabinho que largou na sexta posição, fez uma boa prova, trocando posições e chegando em sexto. Na segunda prova, recebeu a bandeirada em sétimo e partiu com tudo para a disputa final. Chegou a perder posições, mas se recuperou e lutou por um troféu que conquistou com mérito de piloto lutador, comemorando com muita alegria a sua merecida conquista.

Na Junior Menor, Fabrício Falcão Fardim (Spiriti Sports – Zé do Bode), representou, e muito bem, os cariocas. Fafá teve dificuldades na tomada de tempo quando um pneus furado atrasou o jovem piloto, mas com a vontade de sempre, conseguiu marcar a quarta melhor por volta.  a primeira classificatória foi uma boa prova onde Fabrício conseguiu chegar na terceira posição. a segunda prova foi muito disputada e Fafá acabou perdendo tempo nas disputas e só conseguiu receber a bandeirada na sexta posição, o que fez com que o piloto fosse com tudo para a final e conquistou o pódio na quinta posição, levantando o merecido troféu.

A cadete trouxe a consagração de Campeão para José Augusto Siqueira (Bicudo/Roni Racing – Bicudo). Foi a prova mais disputada e emocionante de toda a Copa e a mais importante para o piloto que sabe usar a calma e a estratégia em seu melhor momento, apesar de tão menino. José Augusto largou na nona colocação para a primeira prova e já foi tirando a diferença com suas ultrapassagens já recebendo a bandeirada em segundo. A segunda classificatória não foi a melhor prova para José que teve dificuldades e acabou chegando em nono, e para a final, usou sua concentração e inteligência. O piloto largou bem e já na primeira volta estava em quinto e foi buscando até a terceira posição que segurou por algumas voltas, mas acabou perdendo e ficando em quinto, o que lhe garantia um lugar no pódio, mas ele queria mais e foi assim com calma que conseguiu. Nas disputas dois ponteiros, foram perdendo tempo e os três que disputavam a terceira posição chegaram. Na ultima volta, José conduziu o kart e retomou não só a terceira posição como achou seu espaço para a ponta e arrancou gritos e aplausos nas duas ultimas curvas, mergulhando pra a bandeirada da vitória.
Feliz, o piloto comemorou timidamente, participou da entrevista e correu para o abraço dos pais. Parabéns!

Já na Novatos, destaque para o Campeão Brasileiro 2017 da Categoria no Kartódromo Beto Carrero, João Renato Corbellini (Camargo Racing – Camargo) e Ubirajara Lopes Filho (DTM Performance – Dentinho). João Renato mostrou mais uma vez a sua regularidade de correr entre os ponteiros. JR fez o segundo melhor tempo e já largou com tudo, disputando volta a volta entre os primeiros cruzando na quarta posição. Na segunda classificatória, Corbellini largou com a vontade de vencer que e só dele e na disputa apertada acabou saindo da pista e voltando rapidamente, recebendo a bandeirada em terceiro. Na final de sábado, o Campeão voltou com tudo para uma das provas mais competitivas do dia, com pilotos de grande nível e prontos para a vitória. João Renato se destacou até as ultimas voltas, cruzando a linha de chegada na terceira posição e subindo ao pódio com o dever cumprimo e mais um grande troféu pra sua carreira. Uma decisão dos comissários acabou deixando João Renato Corbellini como quarto lugar nos resultados finais.

Ubirajara, mais conhecido como Birinha teve como preparador o expert preparador Dentinho. O jovem piloto esteve sempre muito rápido, com seu kart bem ajustado e com muita garra realizou grande apresentação. Por muito pouco não conquistou um lugar ao pódio. Superando leve lesão na costela, com a garra e seu poder de recuperação não se intimidou, foram grandes  apresentações nas três corridas realizadas. Contra adversários mais rodados, consegui a oitava melhor marca na classificatória.
para a disputa da primeira bateria fez uma grande prova, ganhou duas posições na rodada para finalizar em sexto.
Na segunda bateria algumas modificações em busca de melhorar ainda mais, e um sétimo lugar ao final da prova.
Na disputa final, “Birinha” chegou a estar entre os cinco primeiros no decorrer da disputa, e ao final cruzou na sexta colocação, uma pena, a apenas uma posição do pódio. Ao final todos satisfeitos com o belo desempenho do piloto carioca.

E fechando o ranking de grandes pilotos, Hernandes Onássis, o Catateco (ONS Motorsport). O piloto/preparador largou em quarto para a primeira prova da Sênior A. Com a sua experiência e talento, conduziu seu Kart nas grandes disputas para cruzar em quarto. A segunda classificatória foi apertada e em disputas Onasis acabou se enroscando e recebendo a bandeirada em 11º. Para a final, Catateco ainda fez o melhor, mas ficou em 10º fechando assim a 19ª Copa Brasil de Kart de 2017.

O Rio de Janeiro também estava representado, e com competência, junto a CBA. Percy  (Comissário) e Ernesto Abreu Filho (Diretor de Prova). 

o site Velocidade Total também estava presente desde os primeiros treinos, com Luiz Pinheiro (Jornalista fotografo/editor) e Margarete Mesquita (Jornalista/cinegrafista), com orgulho de mais essa cobertura emocionante.

Um evento marcado pela alegria e grandes disputas, sem maiores incidentes, no bonito Kartódromo do Circuito Paladino.

O Presidente da CBA Dadai, anunciou que a 20ª Copa Brasil de Kart já está sendo preparada com o carinho e atenção de sempre, para acontecer no Kartódromo RBC, em Vespasiano-MG, na casa do Presidente da CNK Pedro Sereno de Matos, na edição de 2018.

O Brasileiro de Kart já estava definido para o Kartódromo Granja Viana, em São Paulo.

Parabéns à todos os pilotos e suas equipes. Até a próxima edição, se Deus quiser.

 

Texto: Margarete Mesquita
Fotos: Luiz Pinheiro – Velocidade Total